Professor do século 21 não professora mais!

Há tempos li uma frase que me instigou a escrever e palestrar sobre o tema.

“Formamos alunos para um mundo que não existe mais”.

De fato, nosso sistema de ensino deveras muito defasado. Tratamos nossos alunos (do maternal a faculdade) como éramos tratados, ou como tratavam nossos pais e avós – aqui cabe uma ressalva em relação ao comportamento e respeito.

Contudo, no que se refere à ensino, ainda “cartilhamos”. Praticamente forçamos alunos ao ‘control C + control V’ pois queremos usar a tecnologia sem mudar a metodologia.

É certo que juntamente com os problemas, a tecnologia também trouxe muita vantagem e soluções para aprendizado.

E poderíamos aqui tratar de varias nuances desse tema. Mas pelo adiantado do texto, vamos nos conter a expressão cunhada no título.

Professor não professora mais!

Digo isso pois a função primordial (entre tantas outras) de um professor, era, outrora, transmitir informação e ensinar seus alunos as temáticas pertinentes a determinada matéria.

Assim, um professor de química, entre outros temas, precisava informar aos alunos sobre a existência, funções e especificidades da tabela periódica.

Nos dias atuais, um professor não informa mais. Num mundo onde a informação circula em velocidade inalcançável e em proporções inimagináveis, não é possível que um professor compita, por exemplo, com o Google – nem em quantidade, nem em relação à qualidade da informação.

Nesse ponto, digo que a função (primordial) do professor do século 21 não mais é transmitir a informação (que em tempos passados não era acessível aos alunos), mas sim de gerir, de gerenciar, a quantidade, qualidade, profundidade e até a autenticidade da informação que chega ao aluno.

Professor não professora mais, professor agora é gestor de informação!

É preciso deixar de competir com novas tecnologias, especialmente as de conhecimento, e passar a coordenar o acesso a elas.

O professor gestor de informação deve, acima de tudo, inserir novas tecnologias, despertar a curiosidade para aquilo que lhe é proposto, selecionar e direcionar conteúdos, trabalhar as competências, e gerenciar seus alunos por esse novo, é irreversível caminho.

Gerir! Essa é a nossa atual missão!

P.S. – esse texto é baseado em partes de uma palestra intitulada “Os desafios da educação na era digital”, e está sendo publicado em homenagem a todos nossos mestres.

2 comentários sobre “Professor do século 21 não professora mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s