Bolsonaro vs Haddad

Esse não é um post sobre política!

Ok, o título traz os nomes dos candidatos do segundo turno. Também posso até citar, como exemplo, algum fato ou passagem político eleitoral.

Mas não é sobre política!

Quero falar sobre a necessidade humana de se classificar tudo em uma, ou várias, dicotomias.

Bem e mal. Meu e seu. Verdade e mentira. Certo e errado.

Tudo de fato é classificável. Contudo, o ser humano vai além das separações, extrapola limites, perde o senso, perde a razão, se entrega a uma idéia e a defende contra tudo e todos.

Parece política né! Mas pense! Seu time é sempre melhor, e quando não o é, foi “roubado”, prejudicado.

Sua religião é melhor que a outra.

À direita é melhor que a esquerda…. ok, parei. Não é sobre política.

O que quero dizer é que precisamos de mais alteridade, precisamos conhecer mais, não do nosso, mas o do outro.

Precisamos tomar tempo pra entender que a vida que é vivida pelo outro não é a nossa. E, dessa forma, nossas soluções, invariavelmente, não são soluções aptas aos problemas alheios.

Não importa seu ponto de vista quando seu olhar tem foco em seu umbigo.

Todos pontos de vista são perspectivas verdadeiras pra quem olha e antagônicas pro outro lado!

Pense nisso! Sua verdade pode parecer absurda àquele que percebe doutro ponto de vista.

Me explico.

Você e um grande amigo fazem uma viagem a fim de explorar cachoeiras.

Ocorre que seu amigo têm vertigens e medo de altura, e você é um escalador nato.

Visitam a mesma Cachoeira, no mesmo dia, mesmo horário, mesmas condições climáticas, etc.

Ele a vê de baixo, onde a água que cai toca o Rio e produz um espetáculo de cores. E você a admira de cima, de onde a queda inicia, num altiplano maravilhoso.

Vocês descreverão, com certeza, a mesma Cachoeira de forma totalmente diferente.

Quem está certo? Qual relato é verdadeiro? Quem tem mais capacidade de entender o complexo cenário natural?

Pois bem, chegamos ao ponto que queria.

Ter lado, ter opinião é ótimo desde que, primordialmente, se tenha respeito e alteridade.

Não há nada de errado em opinar, em defender sua opinião. Seja ela política, religiosa, esportiva, etc.

Mas saiba que sua opinião não reflete, absolutamente, na verdade vivida pelo próximo.

5 comentários sobre “Bolsonaro vs Haddad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s